Roberto Avallone, outro gigante!
25/02/2019 12:51 em Novidades

Roberto Avallone, paulistano e Palestrino de nascimento, como o PALMEIRAS que tanto representou foi mais que grande, foi gigante!

Desde que comecei me entender por gente, - automaticamente, Palmeirense – Avallone estave presente.

Ainda garotinho, contra a vontade de minha mãe (preocupada com a escola no dia seguinte) meu pai “deixava” eu ficar acordado até a entrada da madrugada de domingo para segunda. Acompanhávamos juntos as notícias da semana, as rodadas, sobretudo, o que Avallone iria comentar sobre o Verdão daqueles e de outros tempos!

 

Pra mim, era absoluto Roberto Avallone!

“No pique”, o âncora do programa lembrava o PALMEIRAS da Academia.

Esbravejava que precisava sair da fila (Exclamação)!

Ou ficava se e nos perguntando (interrogação) quando seria o fim da maledeta fila!

Mesmo assim, que alegria aqueles tempos!

 

E que emoção na juventude!

Ver a Mancha, a Tupi e as outras (que duelos com a Leões da Fabulosa!) disputando alucinadamente quem sabia mais dos seus respectivos clubes na TV Gazeta!

Era a HISTÓRIA VIVA!

Nada dessa morbidez e esquecimentos dos dias atuais…

 

E em 1993 (interrogação.)

Não é que no sagrado ano, na sagrada semana da derrota por 1x0 para a arrebatadora vitória de 4x0, em cima do “maior freguês” eu, ainda office boy, no carona de um gol (que ainda nem era o Bolinha), na saída do prédio onde trabalhava na Rua Silvia, na Bela Vsta, em SP, um senhor impedia o meu colega de trabalho passar??

Avallone conversava tranquilamente, de paletó, mãos no bolso da calça… eu não titubiei!

Antes que saísse da frente, coloquei o corpo pra fora do carro, pela janela, e gritei um “É DOMINGO”!

O mais que jornalista, o Palmeirense, num reflexo quase que instantâneo, como se o carro fosse uma câmera de TV, apontou pra mim e disse com seu trejeito característico:

“PALMEIRAS 4 com 1, 2, 3 gols de Evair”!!!

Pronto! Ganhei o dia pra, depois, levantar a taça no final de semana!!


Avallone, neste momento, me mostrou que ele era gênio! Acertou o placar (quase os 2 gols de Evair) e mais: demonstrou humildade extrema!

Simplicidade para com aquele moleque, Palmeirense da fila, mero office boy, num dia e lugar comuns.

Esse foi o gigante ROBERTO AVALLONE de sempre!!!!

 

 Luciano Deppa Banchetti - desenvolvedor da Web Rádio Porco, historiador, professor e, claro, PALMEIRAS de alma e coração verde-palestrino.

Acesse http://webradioporco.minhawebradio.net/ ou via app radiosnet.com e favorite a Web Rádio Porco – de Palmeirense pra Palmeirense!

Curta também nosso Face, nosso canal no YouTube, nosso Insta e nosso twitter!

 

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!